Jesus nos amou e nos lavou com seu próprio sangue!

“…Àquele que nos amou e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados” (Apocalipse 1:5)

Você pode ao menos começar a compreender o grande mistério que esta escritura está nos mostrando?

Jesus merece nada menos do que todo o nosso amor e serviço dedicados porque ele pagou o preço final por nós e “nos amou, e em seu próprio sangue nos lavou dos nossos pecados” (Apocalipse 1:5) De tudo o que já foi dito a respeito de Jesus , sendo Rei de todos os reis e Senhor de todos os senhores, sendo o Filho de Deus, tendo existido para sempre, tendo toda autoridade e poder no céu e na terra – isso é muito mais do que suficiente para entendermos nossa posição diante dele como sua criação. Apenas percebendo isso, devemos reconhecer facilmente nossa posição e estar dispostos a servi-lo.

Mas ainda há outra razão. Uma razão ainda maior e mais profunda que vai além da razão e da compreensão. Por que alguém como Jesus, tão grande e todo-poderoso, iria além da razão para se humilhar – para não apenas nos visitar como um de nós, mas ir ainda mais longe: e morrer por nós!

Como já foi dito neste blog e mostrado pelas escrituras, todas as coisas foram criadas por Jesus. Quando ele criou o homem e a mulher, ele os fez bons, mas também lhes deu a capacidade de fazer suas próprias escolhas. O homem (incluindo você e eu) foi contra o “bem” que Jesus nos proporcionou e nós seguimos nosso próprio caminho e envergonhamos nosso criador quando o fizemos. Poderíamos esperar que ele fosse tão longe a ponto de receber nossa punição que merecíamos, para que pudéssemos ser “comprados de volta” para Deus. Nós estragamos o bem que ele fez em primeiro lugar! Por que ele deveria pagar tão drasticamente novamente para consertar a bagunça que fizemos e nos trazer de volta? Foi nossa culpa!

“Pois fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, que são de Deus.” (1 Coríntios 6:20)

“Pois também para isso fostes chamados, porque também Cristo sofreu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais os seus passos: O qual não cometeu pecado, nem se achou dolo na sua boca; ; quando sofria, não ameaçava; mas entregou-se àquele que julga com justiça: levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos viver para a justiça; por cujas pisaduras fostes sarados. Pois vocês eram como ovelhas desgarradas; mas agora são devolvidos ao Pastor e Bispo de suas almas”. (1 Pedro 2:21-25)

Esta verdadeira percepção e compreensão do grande amor de Jesus por nós em como ele morreu por nós é sem dúvida a maior revelação de Jesus que já foi revelada à raça humana. Nosso coração é duro e egoísta para começar a compreender isso? Quão grande é este mistério do grande amor de Deus para conosco, que somos indignos!

“A mim, que sou o menor de todos os santos, me foi dada esta graça de pregar entre os gentios as insondáveis riquezas de Cristo; E para fazer ver a todos qual seja a dispensação do mistério, que desde o princípio do mundo esteve oculto em Deus, que tudo criou por Jesus Cristo; para que agora os principados e potestades nos lugares celestiais sejam conhecida pela igreja a multiforme sabedoria de Deus, segundo o eterno propósito que estabeleceu em Cristo Jesus nosso Senhor” (Efésios 3:8-11).

Devemos então fazer um “show” de “cristianismo social” e ainda continuar em um tipo infiel de amor e devoção flertando com coisas pecaminosas, ou gastando a maior parte de nosso tempo em nossos próprios propósitos e desejos? Isso é tudo o que temos para trazer a Jesus? Não importa o que afirmemos, NÃO compreendemos esta grande revelação de amor que ele demonstrou por nós:

Àquele que nos amou e em seu sangue nos lavou dos nossos pecados” (Apocalipse 1:5)

 

pt_BRPortuguês do Brasil
Revelação de Jesus Cristo

GRATUITAMENTE
VISÃO